quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Lançamento do livro A semente de para mágica em cordel - Editora Paulus


Aguardo você para o lançamento do meu novo livro "A semente de pera mágica em cordel"  (Paulus).
Haverá narração de histórias com Giba Pedroza e exposição de xilogravuras de Nireuda Longobardi
Livraria da Vila - Pinheiros/SP


O livro narra um  antigo conto chinês que trata sobre responsabilidade e culpa é recontada em poesia de cordel.


A xilogravura foi a técnica utilizada para ilustrar o livro:


Entalhe da xilogravura


Matriz pintada


Impressão da matriz


Xilogravura impressa no papel arroz

Para adquirir o livro clique na: Editora Paulus
Cursos e oficinas: Nireuda Longobardi (11) 99249.3423



sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Lançamento do meu novo livro Bumba Meu Boi, Coleção Regionais, pela Dorina Nowill


O lançamento aconteceu dia 30/08, na Fundação Dorina Nowill!
A Coleção Regionais é composta de livros sobre culinária, música, folclore e turismo.


Escrevi o livro "Bumba Meu Boi" representando a região Nordeste do Brasil, ilustrado pela Larissa Ribeiro. Os livros tem edição em braille e fonte ampliada.


Livro "Bumba Meu Boi"


Com a querida Simone Pedersen, que também participa da coleção, com o livro "Minhocão do Pari" representando a região Centro-Oeste

 Comidinhas típicas 

Ensaio da marcação da audiodescrição, com Perla Assunção e Ana Paula Miranda


Houve uma roda de leitura para um grupo de crianças, pais, professores e bibliotecários, onde li a história do livro Bumba Meu Boi, com audiodescrição feita pela Perla Assunção.


A leitura foi finalizada com uma divertida brincadeira, as crianças representando os personagens da história. Foi lindo! 







domingo, 27 de agosto de 2017

Virada Sustentável - Oficina de Varal de histórias com Nireuda Longobardi

Hoje, dia 27/08, participo da Virada Sustentável, na Biblioteca Villa Lobos, das 13:30 às 15:00, ministrando a oficina de varal de histórias sobre o meu livro "Cadeira, cadeia quebrada" Paulus Editora.
Veja a programação:
Endereço: Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 2001 - Alto de Pinheiros, São Paulo - SP, 05461-010 Telefone:(11) 3024-2500 Horas: Aberto hoje · 09:30–18:30

domingo, 20 de agosto de 2017

Xilogravura "Cora Coralina" de Nireuda Longobardi

Em homenagem ao dia do nascimento de Cora Coralina (20/081889), que hoje faria 128 anos, publico uma xilogravura que fiz para ilustrar o Cordel "Cora Coralina em cordel" de produção coletiva na Biblioteca Cora Coralina, Guaianazes - São Paulo, sob orientação do Moreira de Acopiara.
Matriz de xilogravura de Nireuda Longobardi
Conhecendo museus - Casa de Cora Coralina: https://www.youtube.com/watch?v=um4L9M8Ex50
Cursos e oficinas: Nireuda Longobardi - (11) 99249.3423

sábado, 19 de agosto de 2017

Histórias no prato - II Antologia de contos infantojuvenis da AEILIJ



"Histórias no prato" é  II Antologia da AEILIJ, que contém contos acompanhados de deliciosas receitas que marcaram a vida dos autores:

São eles: Alexandre de Castro Gomes, Alina Perlman, Ana Rapha Nunes, André Flauzino, Angela Leite de Souza, Anna Rennhack, Cris Alhadeff, Cristina Villaça, Dailza Ribeiro, Edna Bueno, Eleonora Medeiros, Fabio Maciel, Felipe Campos, Felipe Vellozo, Gabriel Lacerda, JPVeiga, Laerte Silvino, Lilian Guinski, Luciana Nabuco, Luciana Peralva, Márcia Széliga, Maria Elaine Altoe, Marilia Pirillo, Maurício Veneza, Neide Graça, Nireuda Longobardi, Patrícia Melo, Renata Goulart, Sandra Ronca, Simone Mota e Sol Mendonça.

Ilustrei o conto "A pescaria" da escritora Dailza Ribeiro

Xilogravura "A pescaria" de Nireuda Longobardi  

O livro está disponível para leitura e download  em https://issuu.com/aeilij/docs/historiasnoprato_aeilij

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Palestra "A xilogravura no cordel" e oficina de xilogravura com Nireuda Longobardi, no Ciclo: Cordel - as histórias que o povo conta

Dia 12/08 foi a finalização do ciclo Cordel, as histórias que o povo conta, no Centro de Pesquisa e Formação - SESC São Paulo, onde ministrei a palestra "A xilogravura no cordel" e uma oficina de xilogravura. O projeto foi idealizado pelo jornalista e escritor Audálio Dantas, que também foi o curador do "100 anos de cordel" (cenografia de Jeff Celophane). O ciclo foi dedicado às diferentes expressões e tradições que compõem a história da literatura de cordel no Brasil. O ciclo também contou com a presença do escritor Marco Haurélio, o jornalista Assis Ângelo e a professora Jerusa Pires Ferreira, com a mediação de Audálio Dantas.
Agradeço aos participantes! Viva a literatura de cordel e a cultura popular brasileira!

Contatos:
Centro de Pesquisa e Formação SESC SP
 Imagens do 100 anos de cordel: http://celophanecultural.com.br/exposic…/100-anos-de-cordel/


sábado, 29 de julho de 2017

"Cordel - as histórias que o povo conta" - Centro de Pesquisa e Formação - SESC São Paulo

O Ciclo: "Cordel - as histórias que o povo conta" acontecerá no Centro de Pesquisa e Formação - SESC São Paulo.


Será uma honra participar da programação ao lado dos jornalistas Audálio Dantas (curador do ciclo) e Assis Ângelo, a professora Jerusa Pires e o autor Marco Haurélio.
O ciclo é dedicado às diferentes expressões e tradições que compõem a história da literatura de cordel no Brasil.
08/08 - A história do cordel no Brasil. 
A palestra aborda a história do cordel no Brasil a partir do início do século 20, quando se iniciou a impressão dos primeiros folhetos de literatura popular em versos, na região nordestina. Essa história tem como figura central o poeta Leandro Gomes de Barros, cujo sesquicentenário vem sendo comemorado em todo o Brasil.
Com Audálio Dantas e Marco Haurélio.
09/08 - A cavalaria em cordel e Leandro Gomes de Barros.
A literatura de cordel guarda e transmite, entre outros aspectos, a dimensão épica, através dos folhetos do cangaço ou dos ciclos narrativos de histórias do Imperador Carlos Magno, por exemplo, passando a constituir por motivos bem concretos, um dos pilares fundadores de nossa cultura, vindo a matriciar importantes momentos da Literatura do século XX no Brasil. Neste conjunto, Leandro Gomes de Barros, um dos maiores poetas, contribuiu para a organização de um discurso narrativo, que confirma a vertente épica dos livros de cavalaria.
Com Jerusa Pires Ferreira.
10/08 - Viagem pela Cultura Popular.
Uma viagem pelos temas e rimas da literatura de cordel, um gênero literário surgido no Nordeste que dialoga com a cultura popular brasileira e revela muito de nossa identidade. De Leandro Gomes de Barros, poeta que fincou os alicerces do cordel no Brasil, à atual geração, há um longo percurso. Do Nordeste para o Brasil, do sertão à sala de aula, o cordel encanta muitos leitores há várias gerações.
Com Marco Haurélio
11/08 - O Cego Aderaldo e as Pelejas dos Cantadores.
A mais famosa peleja entre cantadores repentistas marcou a história do cordel. "A peleja do cego Aderaldo com Zé Pretinho do Tucum", escrita e publicada entre 1914 e 1917, pelo piauiense Firmino Teixeira do Amaral (1896 - 1926), ainda hoje faz sucesso no sertão nordestino. Trata-se de uma cantoria "inventada", carregada de humor e também de racismo, concebida para aproveitar a fama que o célebre cego Aderaldo desfrutava em todo o sertão.
Com Assis Angelo.
12/08 - A Xilogravura como Ilustração do Cordel.
A xilogravura, tradicionalmente utilizada para ilustrar os folhetos de cordel, consiste no entalhe de um desenho sobre uma placa de madeira, que posteriormente recebe uma camada de tinta e é impressa sobre o papel. É uma técnica milenar de ilustração, surgida no oriente, que se popularizou no Nordeste do Brasil. Além da palestra, uma oficina demonstrará as técnicas de elaboração dos desenhos e sua impressão.
Com Nireuda Longobardi.
Programação completa e inscrição, clique Aqui

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Nireuda Longobardi selecionada para a BIB - Bienal de Ilustração de Bratislava 2017


A Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil - FNLIJ, é filiada a International Board on Books for Yong People, da UNESCO - IBBY, e parceira da Bienal de Ilustração de Bratislava - BIB, convidou para uma seleção os ilustradores brasileiros de livros para crianças e jovens a participarem da BIB 2017. 

Que alegria ser selecionada para representar o Brasil expondo minhas xilogravuras na BIB, que é uma das bienais de ilustração para a infância das mais antigas e prestigiadas do mundo, é uma mostra de referencia internacional.


As ilustrações que foram selecionadas pela FNLIJ, são xilogravuras que ilustram o livro “A canção do tio Dito” texto do Marco Haurélio - Paulus Editora.  

Imagens do entalhe, pintura e impressão de algumas xilogravuras que ilustram o livro: